Segunda-feira, 25 de Fevereiro de 2008

FOSDEM - The Day After

E já estamos em Portugal... após dois dias de FOSDEM já podemos fazer o balanço.

Foi espectacular... o auditório principal dava para 4000 pessoas e na sessão de abertura estava praticamente cheio com pessoas de pé nas passagens laterais e tudo.

Nos corredores estavam imensas mesas com as equipas da Mozilla, OpenOffice.org, Fedora, Ubuntu, KDE, OpenSUSE, Gnome, GnuStep, BSD, PostgreSQL, etc.. com mesas cheias de brindes (crachás, autocolantes), folhetos, equipamento em demonstração (o Gnustep tinha vários aparelhos, desde telemóveis a mini pc's)... OLPC's aos montes...  Uma multiplicidade de coisas...

Quanto às apresentações, um breve comentário às que assisti:

Tux On Shades, Linux on Hollywood -  Basicamente mostraram muitos clip's de filmes com bastantes efeitos especiais, e confirmaram que hoje em dia TODOS os efeitos especiais que vemos em filmes de Hollywood são feitos em Linux. Infelizmente também disseram que praticamente todas as aplicações usadas são proprietárias dos estúdios e não podem ser usadas cá fora... nem sequer são comerciais, são feitas e usadas exclusivamente pelos estúdios.

How a large Scale Project Works - Interessante para perceber como é que o BSD gere os seus programadores espalhados pelo mundo, e para saber que é sempre preciso existir alguém que "mande", caso contrário não se consegue manter um projecto grande. A resolução de conflitos é também um aspecto crucial e que tem de ser muito bem gerido. Naturalmente os commits de código exigem a utilização de várias ferramentas e por vezes a integração entre elas (svn,cvs, git, etc.)

Status Update on Software Patents - O discurso do costume, ou pelo menos aquele que já sabemos... patentes são más, patentes de software são péssimas... falou-se naturalmente da questão do OOXML e da forma como a Microsoft está a tentar fazer aprovar a sua pseudo-norma ISO. Achei piada ao orador dizer que "...vamos esquecer os EUA, aí já não conseguimos fazer nada... as big-corporations mandam e o governo apoia-as".

PHP6 - A apresentação centrou-se só no suporte completo a Unicode do PHP6, que é a principal característica dessa versão. Pena não se ter falado mais de outros aspectos da linguagem... mas mesmo assim foi muito interessante.  Reparem na foto no próximo post sobre isto e como o Unicode pode ser usado em tudo na linguagem....

Introduction to CentOS - Um apresentação muito simples, só para explicar como surgiu o CentOS e como é que eles neste momento fazem a recompilação dos SRPMS do Red Hat Enterprise Linux, Também interessante saber quais os diferentes repositórios que se podem usar, com RPMS extra em relação ao RHEL. Fiquei a saber que o RHN (Red Hat Network) não se pode usar no CentOS porque é proprietário.... é pena dava um jeitão para gerir  imensas máquinas...

KDE4 on Windows - Um dos responsáveis da equipa que faz o port das aplicações do KDE4 para windows demonstrou vários exemplos: Konqueror, kstars, kate, amarok, etc. Apesar de estarem a funcionar relativamente bem nativamente em windows, ainda precisam de bastante polimento... demoram muito a abrir, existem alguns problemas com a identificação de letras de drives, etc. O objectivo é ter daqui a seis meses várias aplicações totalmente portadas e começar a distribui-las em revistas, em sites, etc... O objectivo não é nem nunca será portar todo o KDE para windows, até porque querem guardar algumas das funcionalidades para funcionar só em SO's Livres.... algo como: "use o amarok em windows.. mas se quer usá-lo mesmo a sério mude para Linux ou BDS" ;-)

Bringing Metisse and Xorg Together - Uma apresentação do Metisse, a sua integração com o Xorg, e algumas funcionalidades. Fiquei algo desiludido por  descobrir que a equipa do Metisse não pretende que ele seja uma plataforma totalmente estável (passível de ser usada no dia-a-dia sim, mas não garantindo uma base de código sempre estável), isto porque eles vêem o Metisse como uma plataforma de desenvolvimento de novas ideias e funcionalidades para integrar com o servidor gráfico... Mas gostei das funcionalidades, especialmente a de espelho (para por exemplo clonar uma janela, e mostrá-la em espelho numa mesa à pessoa em frente), a de usar mais do que um cursor de rato para tarefas diferentes (o que permite usar por exemplo um rato em cada mão, ou no caso das janelas em espelho ter as duas pessoas a fazer coisas nas janelas ao mesmo tempo), e a mais espectacular, a possibilidade de a partir de várias aplicações clonarmos os botões que quisermos do IDE dessa aplicação e criarmos a nossa própria barra de ferramentas... isto de forma totalmente independente das aplicações (que nem sabem que os seus botões estão a ser clonados)....

RESTful best practices - Para quem quer desenvolver ou desenvolve em REST foi muito interessante perceber como se conseguem fazer coisas muito giras usando REST e como se podem ultrapassar algumas restrições (como por exemplo passar mais do que um objecto, ou fazer um formulário em várias páginas).... Isto tudo usando Ruby...

E pronto... saltitei também por outras salas mas estas foram as principais apresentações que vi.

No próximo post vão algumas fotos para provar que estivemos lá ;-):

publicado por DarkLord às 12:52
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.posts recentes

. Serviços online do IMTT -...

. Os confrontos na Quinta d...

. Não podia estar mais de a...

. FOSDEM - The Day After

. Aí está a blogosfera....

.Não Quero Imposto Microsoft

.links

.arquivos

. Setembro 2011

. Julho 2008

. Maio 2008

. Fevereiro 2008

. Outubro 2007

blogs SAPO

.subscrever feeds